terça-feira, 10 de abril de 2012

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Olá, amigos.

Estou entrando nessa onda!

A primeira postagem desse blog aconteceu no dia 02 de abril – Dia Mundial da Conscientização do Autismo. E não foi por mera coincidência. Tenho um grande afeto pela causa e por esse motivo estou aderindo à campanha. Para tanto estou providenciando um espaço voltado para essa questão tão especial.


A campanha tem tudo a ver com este blog. Ora, um dos principais desafios para o autista é a brincadeira e a interação, que é o tema principal dessa página.

Entretanto, não vou entrar nessa luta tentando explicar tecnicamente o que é autismo, como detectá-lo e como tratá-lo. Não tenho gabarito para tal proeza. Além do que, temos muitos e bons livros, sites e blogs ricos nesse tema. O que procurarei fazer é trazer matérias que digam respeito ao assunto e que possam, de alguma forma, contribuir com a causa e com as pessoas que nela estão envolvidas de forma direta ou indireta. Sempre com o objetivo de esclarecer para vencer barreiras e diluir o preconceito, até que um dia este possa ter fim.

E o primeiro passo da minha participação nessa campanha será a indicação de alguns sites que considero maravilhosos. Sites estes compostos de textos didáticos, elaborados por profissionais e pessoas com vivência na área, tratando especificamente sobre o assunto, e alguns deles se diferenciando pela abordagem humana e otimista.

Parece bobagem, mas não é. Trata-se de um assunto extremamente delicado e, portanto, a forma como se aborda a questão deve ser delicada, pois irá fazer uma grande diferença para o autista e sua família. Para toda e qualquer pesquisa, deve-se filtrar informações, e aqui não poderia ser diferente.  A seleção de material sobre o assunto deve ser tão criteriosa quanto a escolha de profissionais com os quais a família e o próprio autista terão de lidar. Também defendo ser desaconselhável qualquer leitura, inclusive desse blog, se a abordagem estiver confusa, agressiva, desagradável ou pessimista. Não se pode perder tempo com desespero ou desesperança. 

Quantidade não é sinônimo de qualidade. Por isso é que citarei poucos, mas bons sites. Todos referentes ao mesmo assunto, mas que se diferenciam pelo direcionamento. A leitura destes é muito esclarecedora e inspiradora para quem está pesquisando sobre o assunto:


http://www.autismo.com.br
http://www.autismobrasil.org
http://www.revistaautismo.com.br


Enfim, é necessário dizer que a leitura de livros e sites não confere a ninguém a capacidade para diagnosticar o autismo e nem se deseja aqui estimular tal atitude. O objetivo é informar para conscientizar e, enfim, dissipar o preconceito.
E com essa vou deixando o gancho para as próximas postagens.

Um grande abraço!



6 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada, Raquel.
      Também adorei a sua participação!
      Beijos

      Excluir
  2. nossa vai ficar show...adorei conte comigo viu. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou contando, Gui!
      Aliás, você já está participando - desde a foto!
      Beijão

      Excluir
  3. Uma boa dica são filmes a respeito! Entre eles: "Uma jornada inesperada" que para mim foi lindo e bastante rico! Que tal um coment dele?

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela dica, Israel.
    Vou assistir completo este e outros interessantes sobre o assunto.
    Abraço

    ResponderExcluir

Compartilhe aqui o seu pensamento:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...